• 193 
  •  
  •  
  •  

Polengue Dias visita o centro de lutas do Corpo de Bombeiros

  

Lutador ministrou seminário para militares da corporação

 

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) recebeu, no dia 20 de fevereiro, a visita do lutador de artes marciais mistas (MMA), José Carlos Polengue Dias.  O convidado ministrou um seminário para os militares da corporação no Centro de Treinamento de Artes Marciais (CTAM - CBMERJ), que fica no Quartel Central. 

De acordo com o assessor de planejamento da Secretaria de Estado de Defesa Civil (Sedec-RJ) e praticante do esporte, tenente-coronel Rafael Paiva, os militares estão progredindo de forma significativa ao terem a chance  de aprender com profissionais de alto nível técnico. 

- As técnicas passadas pelo peso leve Polengue Dias fortalecem cada vez mais a ideia da necessidade do conhecimento e da expansão das artes marciais na instituição, visando à proteção de vítimas em caso de ocorrências – disse.

A visita proporcionou ainda uma oportunidade para um intercâmbio institucional com os militares do DBM 3/20 – Colubandê, que comparecem ao CTAM a fim de aprimorar suas técnicas e divulgá-las aos demais militares da unidade. 

 

 

   

Especialistas falam sobre os riscos dos produtos de impermeabilização - É de casa

 

Trotes prejudicam trabalho de socorro dos Bombeiros - O Dia

 

Bombeiros do Quartel Central realizam treinamento de combate a incêndio urbano

 

 Participantes nivelaram conhecimentos e aprimoraram técnicas operacionais

 

Bombeiros do Quartel Central realizaram um estágio interno de combate a incêndio urbano entre os dias 6 e 10 de fevereiro. Durante uma semana, os participantes  nivelaram conhecimentos e aprimoraram técnicas em ambientes compartimentados.

 

De acordo com o instrutor do estágio, tenente Monnerat, simulados e provas fizeram parte da rotina dos alunos durante o ciclo de instruções.

 

- Os militares colocaram em prática diversas técnicas e constataram, ao realizarem as atividades, como é fundamental esse tipo de conhecimento para o serviço – disse Monnerat.

 

- O treinamento quebrou diversos paradigmas no que tange ao combate incêndio urbano, trazendo novos conceitos e técnicas. Sem dúvida, esta capacitação vai melhorar ainda mais a resposta às operações – ressaltou o comandante do Grupamento Operacional do Comando-Geral (GOCG), tenente-coronel Rodrigo Azevedo.

 

 

   

 

  Fotos: Cap BM Jane Lopes

Corpo de Bombeiros promove curso de capacitação para agentes do Degase

 
 
 Programação inclui técnicas de combate a incêndios, de atendimento emergencial e busca e salvamento
 
 

O Centro de Instrução Especializada de Bombeiros (CIEB) promove, até maio,  um curso de capacitação na área de combate a incêndios para os profissionais do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase), órgão do Poder Executivo do Estado do Rio de Janeiro, vinculado à Secretaria de Estado de Educação. A instrução inclui também técnicas de atendimento emergencial e busca e salvamento em unidades prisionais.

De acordo com o comandante do CIEB, capitão Fabio Contreiras,  o registro de ocorrências de incêndios em unidades socioeducativas foi o grande motivador da capacitação. Segundo o oficial, quatro turmas já participaram do programa. 

  - Ao todo serão 160 agentes. Realizamos uma extensa pesquisa de conteúdo, verificando protocolos internacionais de combate a incêndios em unidades prisionais. A qualificação vai proporcionar aos profissionais que atuem adequadamente nas ocorrências, antes mesmo da chegada do Corpo de Bombeiros - explicou. 

 

 

 

 

   

Bombeiros treinam para capturar animais nas áreas urbanas - Rede Record

Militares das Forças Armadas participam de atividade no Centro de Instrução Especializada de Bombeiros 

 

Oficiais vão compor contingente da Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (MINUSTAH) 

 

O Centro de Instrução Especializada de Bombeiros (CIEB) realizou, no dia 9 de fevereiro, uma atividade teórico-prática de Atendimento Pré-Hospitalar em ambientes hostis. A instrução contemplou 60 oficiais no Estágio de Preparação de Comandantes de Subunidade e Pelotão, pertencente ao Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil. Os alunos integram o Exército Brasileiro, a Marinha do Brasil e a Força Aérea Brasileira. Eles vão compor, a partir de maio, mais um contingente da Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (MINUSTAH). 

 

Os militares receberam informações sobre emergências envolvendo parada cardiorrespiratória, assistência durante trabalho de parto, perfuração por arma de fogo, acidentes com múltiplas vítimas, controle de hemorragias maciças, uso do torniquete de combate e bandagem compressiva (israelense), além de orientações no tratamento de queimaduras e descargas elétricas.

 

De acordo com o comandante do CIEB, capitão Fábio Contreiras, a parceria é fundamental para resguardar os integrantes das Forças Armadas em ambientes não-urbanos, onde muitas vezes não existe um hospital de referência próximo. 

 

 - Nestas situações, o tempo de deslocamento pode representar horas até a chegada da primeira equipe de suporte médico. Eles representam a força de primeira resposta. Os conhecimentos que foram abordados vão auxiliá-los a prestar o correto atendimento em diversas emergências clínicas e traumáticas durante a missão - ressaltou o oficial Contreiras.

 

 

   

Alan Nuguette visita o Centro de Treinamento de Artes Marciais do Corpo de Bombeiros

 

Lutador ministra uma aula para os militares da corporação

 

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) recebeu, no dia 7 de fevereiro, a visita do lutador de artes marciais mistas (MMA), peso leve Alan Patrick Silva Alves, mais conhecido como Alan Nuguette.  O convidado ministrou uma aula para os militares da corporação, no Centro de Treinamento de Artes Marciais (CTAM - CBMERJ), que fica no Quartel Central. 

 

De acordo com o superintende operacional da Secretaria de Estado de Defesa Civil (Sedec-RJ), coronel Marcelo Hess, os bombeiros se sentem prestigiados com a oportunidade de fazer uma aula de alto nível técnico com um atleta do UFC (Ultimate Fighting Championship).

 

- Os golpes passados pelo Alan Nuguette são fundamentais para que os bombeiros possam evitar que vítimas mais alteradas, nas situações de pânico, atrapalhem o procedimento de resgate. Nossa missão principal é proteger a vítima, e com essas noções de defesa pessoal, nós também podemos nos proteger. Nossa ideia é trazer outras personalidades para conduzirem aulas e qualificar nossos militares - destacou coronel Hess.

 

O CTAM foi inaugurado no final do ano passado, por meio de uma parceria entre Legião da Boa Vontade - LBV, Rádio Brasil 940 AM e Prime Esportes. Já conta com mais de 100 alunos e tem como objetivo a melhora do condicionamento físico dos bombeiros. As instruções ficam a cargo de militares faixa preta, nas modalidades de Karatê, Kickboxing e Jiu-Jitsu. 

 

 

 

  

 

 

 

Fotos: Leonardo Fabri

GOPP e Reduc se reúnem para alinhar frentes de atuação em caso de emergências

 
 
Encontro teve o objetivo de criar um protocolo de atendimento e um fluxograma de acionamento dos bombeiros especializados
 
 
O  Grupamento de Operações com Produtos Perigosos (GOPP) realizou, no dia 2 de fevereiro,  uma reunião com profissionais da gerência de segurança industrial da Refinaria de Duque de Caxias (Reduc). O encontro, que aconteceu na sede da refinaria, envolveu também a Associação das Empresas de Campos Elíseos (ASSECAMPE).  O objetivo foi criar um protocolo de atendimento e um fluxograma de acionamento dos bombeiros especializados. 

De acordo com o comandante do GOPP, tenente-coronel Lúcio Menezes, a integração entre os órgãos é fundamental para o trabalho de excelência em caso de ocorrências. 
 
 - O estreitamento do relacionamento entre o GOPP e a Reduc, por meio da ASSECAMPE, vai promover mais segurança para os funcionários da refinaria, comunidade do entorno e toda população do município de Duque de Caxias - acredita o oficial. 
 
 
 
 
 

Academia de Bombeiro Militar Dom Pedro II recebe cadetes para aula inaugural

 

Alunos do Curso de Formação de Oficiais se apresentaram no Complexo de Ensino Coronel Sarmento

 

A Academia de Bombeiro Militar Dom Pedro II (ABMDPII) deu início, no dia 1º de fevereiro, a mais um ano letivo. Os alunos do 3º e 2º anos do Curso de Formação de Oficiais participaram da tradicional aula inaugural, no anfiteatro do Complexo de Ensino Coronel Sarmento. O objetivo foi motivar os cadetes para o semestre e apresentar a equipe de oficiais responsável pelo conteúdo do programa.

Ao realizar a abertura do evento, o diretor geral de ensino e instrução, coronel Otto Luiz Ramos da Luz, mencionou que os cadetes serão o espelho para todos os militares presentes no complexo. Ainda na programação, o coronel da reserva e ex-comandante da Academia, coronel Gilberto Mendes, fez uma palestra e exaltou a responsabilidade de cada aluno.

 - Deve-se ter em mente que a missão da Academia é a formação de novos líderes. São as adversidades que formam o caráter do homem – disse.

Ao final, o comandante da ABMDPII, coronel José Albucacys Manso de Castro Júnior, agradeceu a presença do convidado e ratificou as palavras dirigidas por ele aos cadetes.