• 193 
  •  
  •  
  •  
  •  

Quartel da Penha realiza exercício simulado de socorro a vítimas de colisão 

Treinamento da tropa também incluiu combate às chamas em um veículo
 
 
 
Bombeiros do quartel da Penha (28º GBM) realizaram, no dia 3 de julho, uma operação simulada de socorro a três vítimas de uma colisão de automóveis no cruzamento entre as ruas Conde de Agrolongo e Guatemala, na Penha. O exercício também encenou o combate às chamas em um dos veículos.  
 
 
O treinamento contou com cinco viaturas e com o auxílio do Grupamento de Socorro de Emergência (GSE) do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), da Guarda Municipal e da Polícia Militar.
 
 
- Os dados estatísticos de socorros prestados pela corporação, nos últimos anos, mostram os eventos de colisão de veículos no topo das ocorrências. O local escolhido para a simulação apresenta altos índices deste tipo de acidente. Nosso objetivo é preparar a tropa para prestar um atendimento de excelência, no caso de um futuro incidente - afirmou o coronel Saldanha, comandante da unidade.
 
 
A operação teve início às 09h52, com o acionamento do quartel. Às 09h53 o socorro já havia deixado a unidade, chegando ao local do evento às 10 horas. Os militares treinaram a aplicação de técnicas de primeiros-socorros e desencarceramento para o socorro às vítimas, duas delas presa às ferragens, uma em estado grave.
 
 
Os voluntários foram retirados do veículo, um a um, por meio de procedimentos como rebatimento do teto e rolamento 180º. Às 10h15, eles já eram encaminhados ao hospital de referência da área, após os primeiros cuidados necessários. O exercício também contou com uma simulação de fogo em veículo, controlado em apenas 2 minutos. 
 
 
- Os militares atuaram com entusiasmo e profissionalismo e realizaram todas as atividades  de forma correta e eficiente. Nossa meta é estar sempre a postos, em prol do melhor atendimento para a população fluminense - destacou o oficial.